Você Seria Seu Próprio Cliente?

Atualizado: 2 de Jul de 2018

Você seria cliente de sua empresa? Ou, sendo pessoa física, será que você se contrataria?

Acredito que essa seja a melhor pergunta que empresas e profissionais devam fazer.

Através dessa autoavaliação, é possível fazer uma análise de suas potencialidades, valores, qualificações, serviços, mercado e concorrência.



Há tempos vivemos num mundo em que não adquirimos mais produtos ou serviços, mas sim os resultados oferecidos por organizações e pessoas. Resultados que dependem de uma série de fatores que conduzem à decisão de compra, tais como:

• intangibilidade: não podem ser vistos, tocados, sentidos, ouvidos ou cheirados antes da compra

• inseparabilidade: não podem ser separados de seus provedores (exigem sistemas e pessoas)

• variabilidade: qualidade depende de quem os executa e de quando onde e como são executados

• valor agregado: serviços que adicionam valor extra, complementam e diferenciam

• cliente ativo: utilização, qualidade e consequente satisfação dependem da percepção de cada cliente


Tudo isso conta para eliminar a chamada “dissonância cognitiva”, isto é, a incoerência entre o benefício esperado e o benefício recebido. E, por isso, é importante considerar em detalhes cada ponto determinante para a satisfação final: confiança, agilidade, agilidade, empatia, acessibilidade, comunicação, reputação, conhecimento e tangibilização.


Diante disso, para a satisfação final e percepção positiva, novas perguntas surgem para serem respondidas e conduzirem a um processo de constante melhoria e desenvolvimento:

• vale a pena pagar pelo seu preço/remuneração?

• é fácil identificar e corrigir seus erros e deficiências?

• os formatos de comunicação que você emprega são eficientes?

• sua equipe ou você são realmente eficientes?


Refletir sobre esses pontos - e responder com sinceridade - é um trabalho extremamente doloroso, mas necessário.

Afinal, como aconselha Philip Kotler: “Descubra os seus pontos fracos e como está desapontando seus clientes antes que seus concorrentes façam isso”.



“Empresas excelentes não acreditam na excelência;

apenas na melhoria contínua e mudança constante”.

Tom Peters



MKT SOROCABA

Consultoria de Vendas e Marketing

marcelo@mktsorocaba.com.br

Fone: (15) 3016.5155 / 99707-2254

12 visualizações1 comentário

BEFORCE

BESPECIALIST

BECLIENT

BECONTACTED

Desenvolvido por BEFORCE - inteligência, treinamentos e estratégias digitais | Todos os direitos reservados